MAKE A RESERVATION

CENTRAL DE RESERVAS: 0800 345 7678

Cúpulas

“Las guardianas del cielo” (As vigias do céu) estão espalhadas por diferentes zonas da cidade. Porém, há um ponto de encontro conhecido como “o local mágico”. É a esquina da rua Córdoba com Corrientes, onde se erguem as cúpulas do edifício de La Agrícola com uma construção de forma octogonal e com influência do Renascimento italiano e a cúpula de La Inmobiliaria, um pequeno tempietto construído integramente sobre o último apartamento do prédio de esquina chanfrada. Em diálogo com elas, se levanta a soberba construção da Bolsa de Comércio, de estilo academicista francês com sua grande cúpula ornamentada com figuras alegóricas da agricultura e da pecuária. Desde aí se enxergam outros edifícios importantes, como o Palácio Minetti que exibe em sua parte superior duas esculturas de mulheres de aparências robustas, comumente conhecidas como “las mellizas” (as gêmeas) assim como, uma porta de bronze com figuras femininas de grande beleza. Sobre a rua Córdoba e em direção ao Monumento à Bandeira, encontramos a enorme cúpula post-academicista da tradicional loja de departamentos La Favorita, hoje Falabella. Na sua base pode se ler o nome e embaixo vêem-se duas figuras que representam um anjo e uma elegante mulher que o contempla. A poucos metros, está o nobre edifício do Jockey Club de estilo academicista francês e caprichada simetria. Sua cúpula adquire vôo por sua dimensão e os modilhões invertidos que a distinguem. Já no coração histórico da urbe, nos surpreende o primeiro prédio de seis andares que teve a cidade: a Bola de Neve. A cúpula é uma grande esfera de material apoiada num tempietto de colunas que se destaca e contrasta com os modernos edifícios que a circundam. Em frente à praça histórica 25 de Mayo uma grande construção atrai o olhar: a monumental Igreja Catedral de estilo academicista italiano, com duas torres, o cruzeiro e uma cúpula maior de doze metros, visível tanto desde a cidade como desde o rio Paraná. E perto do emblemático Monumento à Bandeira encontramos uma bela cúpula adornada com guirlandas de flores que coroa o “Concejo Municipal de Rosario” (sede do Poder Legislativo Municipal), também conhecido como Palácio Vassallo em homenagem ao médico que doou essa mansão à cidade. Na vizinhança, dois hotéis exibem sendas cúpulas. O primeiro é o clássico Hotel Savoy, de grande prestígio no passado e o outro é o Hotel Majestic. Sua cúpula rivaliza em tamanho e beleza com as maiores da cidade e remata o ponto mais alto da rua em que está situada.

Palacios
Por sua original arquitetura e cúpulas singulares mencionaremos dois deles: o Palácio Fuentes e o Palácio Cabanellas. O primeiro é um edifício eclético, notável pela variedade de recursos, a nobreza dos materiais empregados e a profusa ornamentação que o tornam inconfundível. De estilo Renascentista italiano, este grande palácio com vários pisos e subsolo, honra o nome de seu fundador, Juan Fuentes. Entre os muitos traços característicos se destacam sua cúpula e sua agulha. Na base do remate há um relógio de grande tamanho que imita o som do Big Ben de Londres. Mais para cima encontra-se uma empinada torre com colunas e um farol. Culminando esta torre encontramos uma agulha, a mais alta da cidade, que chega a medir sessenta e cinco metros acima do nível da calçada. O Palácio Cabanellas é dono de um estilo modernista espanhol e sua influência gaudista se evidencia nas sacadas, as ferragens e a grande cúpula que o remata. Para a original cúpula mirante se utilizou ferro batido e cobre e se encontra coberta de pequenas peças de vidros de cores que outorgam-lhe grande luminosidade. Ainda há muitos outros edifícios com notáveis cúpulas, torres e remates como o imponente Clube Espanhol, o Teatro El Círculo, a ex Federação Agrária (hoje Sala Lavarden), o edifício da empresa Transatlántica, o terminal rodoviário Mariano Moreno, a Torre da Estação Ferroviária e outros como o Palácio Fracassi, Villa Hortensia, etc.

css.php